Skip navigation

Monthly Archives: janeiro 2010

Ricardo Almeida é o estilista preferido de dez entre dez celebridades, ele que desenha os ternos do nosso Presidente e um monte de gente importante….

Nossa pauta era um retrato poderoso do Homi, procurei usar uma luz que contrastasse bem entre o claro e escuro, a escolha do P&B, foi decisivo para completar
a atmosfera e de fundo utilizei um snoot para fazer uma passagem de luz e dar profundidade ao retrato.

Fotografia: Bruno Pavão
Iluminação e Captura digital: Ricardo Ordonez
Produção: Bance de Idéias
Retouch: Wm- Fusion

Anúncios





Leilah Moreno, cantora do programa Altas Horas da rede Globo, aceitou nosso convite para interpretar a Beyonce, e para chegar no resultado que gostaríamos, tivemos que fazer uma imersão na carreira da cantora, assistimos todos os seus clipes, até decoramos suas músicas para entender um pouco do universo dela, posteriormente decidimos que faríamos um palco em algum heliponto da cidade.
A Daniela Avesani conseguiu como cenário o Heliponto da Daslu e o palco ficou por conta da computação gráfica.

Primeiramente fotografamos o Heliponto, definimos os ângulos e posteriormente fotografamos a modelo, modelamos o palco e os tripés de iluminação e poteriormente
fizemos a fusão no photoshop.

Deu um trabalho e tanto, mas o resultado ficou bacana e aprendemos alguns truques novos.

Fotografia: Bruno Pavão
Modelo: Leilah Moreno ( Altas Horas )
Make: Danilo Donadelli
Produção: Daniela Avesani
Iluminação e Captura Digital: Kleber Marques e Ricardo Ordonez
CGI: Giovanna Montoro, Diego Ortega, Bruno Pavão, Ricardo Ordonez

Pensa-se que a vida acumula experiência, que a vida molda a vida, que uma alma se ilumina.

Pensa-se que a experiência te transforma em um ser preparado, cheio de forças e certezas.

Como se mede a vida ? Como se mede a Alma ?

Eu te conheci e na contra mão se foi minha experiência, tudo aquilo que aprendi, tudo aquilo que busquei, tudo aquilo que sonhei.

A certeza do amanhã é como a vida de uma borboleta se preparando dias a fio para o derradeiro suspiro de leveza no ar.

O medo que sentes é a força do rompimento, o rompimento da experiência que agora te faz agir como uma criança, um adolescente.

Planejar o futuro pode ser saudável, mas querer prevê-lo é leviano e insustentável.

Nesses caminhos tortuosos encontramos lindas flores, algumas com espinhos e outras que se fazem presente até mesmo com a ausência da luz,
são verdadeiras damas que nos despertam um sentimento de prazer e gratidão, que nos reduz a um suspiro de paixão.

Sua graça vai além dessa vida, me questiona sobre o amanhã, sobre religião e reencarnação.

Hoje eu te darei uma resposta, mas amanhã pode ser que não.

Isso não quer dizer que me irritei ou cansei, apenas significa que não sei mais o que pensar, não sei mais o que dizer,
pois minhas certezas se foram no dia em que meu coração te escolheu, junto com a poeira, todo seu legado, como num passe de mágicas, desapareceu.

texto: Bruno Pavão

algumas publicações bacanas de 2009….

essa foto o dia estava nublado, simulamos essa luz de final de tarde com geradores da Mako e luz sem difusão, para dar o efeito de um céu limpo

nessa foto simulamos o Sol também, mas com as cortinas fechadas, para dar um efeito mais aconchegante, dentro de casa

Essa imagem utilizamos basicamente uma iluminação de cima para baixo, mais pontual e alguns truques de photoshop, aplicamos novas flores, pois tinha a metade disso ai e utilizamos uma camada branca com bastante transparência e efeito Blur, para dar uma idéia de névoa e uma sensação de introspecção.

Nessa imagem iluminamos com um Hazie grande por cima da Limosine, abrimos o teto solar e funcionou bem, tivemos que puxar um pouco o ISO para cima para que a luz se espalhasse melhor.

Essa aqui também utilizamos uma iluminação dura, da pra perceber pela sombra na parede, a idéia era ter esse clima de final de tarde também e dar um brilho melhor na pele, característico de praia.

Essa imagem foi apenas luz natural, feita em Fortaleza, lá pertinho do equador a luz é muito forte, tem que saber usar, pois determinados horários o contraste é enorme entre luz e sombra, um difusor ou uma sombra de árvore ajuda bastante, usamos uma meia-tele para dar o efeito de desfoque na moldura de pedras, e o próprio cabelo da modelo serviu como difusor para que o rosto ficasse inteiro na sombra, não dando aquele efeito de escuridão na cavidade ocular.

Essa imagem foi bastante engraçada de fazer, pois a modelo Chris Noronha não conseguia parar em cima da prancha e essa praia nem sequer dava pra pegar onda, mas mesmo assim o resultado ficou legal, essa parte era rasa, e eu consegui ficar com pouco menos da metade do corpo pra fora, demos sorte de pegar essa onda se formando, a prancha clara foi decisiva para o resultado, pois serviu de rebatedor para o rosto e suavizou a sombra que era muito dura.

Nessa imagem utilizamos uma fonte de luz artificial bem lateral para dar a idéia também de final de tarde, essa luz rasteira combina bem com o clima mais descontraído

Fotografia: Bruno Pavão ( http://www.brunopavao.com.br)
Iluminação e Captura Digital: Ricardo Ordonez e Artur Venturoli
Diagramação: Ricardo Marques
Produção: Banca de Idéias
Retouch: Wm-Fusion

Recebemos a proposta de fotografar o Luigi Barricelli para uma campanha da Ultragaz, nesse dia eu não pude fotografar e o Kleber Marques me substituiu, fotografou o Luigi no estúdio que estava sendo gravado o comercial, mas o maior desafio foi fazer o Still, pois o desafio era mostrar o mix de produtos com uma cara bacana, quebramos muito a cabeça, tentamos fazer separado cada um, tentamos dar uma ambientada, com embalagem, sem embalagem, mas nada funcionava, então o Ricardo Ordonez e o Kleber tiveram a idéia de aplicar uma cozinha de fundo, deu bastante trabalho, mas ficou bem legal.

O maior problema foi a transparência dos produtos, nada que alguns truques de blend no photoshop não resolva…rsrsr…

Fotografia: Kleber Marques ( Estúdio Pavão )
Retouch: Ricardo Ordonez
Cliente: Ultragaz
Modelo: Luigi Baricelli
Agência: Netza